Parece que voltamos…

Parece que voltamos…

Eu acredito na educação, acredito que a educação pode mudar tudo na vida de uma pessoa e daqueles que estão ao seu redor. Eu acredito no poder transformador da educação. E talvez seja por isso que eu deixei esse projeto de lado por tanto tempo.

Eu tenho o Fuvestejando em mente há muitos anos. Primeiro por mim, que sempre sonhei em entrar numa pública e que a cada ano me via cada vez mais longe desse sonho. E também por cada pessoa que eu conhecia que tinha esse sentimento guardado e reprimido, essa vontade de “estudar pra mudar”, de “aprender pra valer”, essas coisas.

É injusto que pessoas como nós não possamos fazer ensino superior, seja por falta de dinheiro ou por falta de oportunidade. Porque nós queremos estudar, de verdade.

Vem ano, vai ano, coisas acontecem. Eu já perdi ProUni porque cursei 1 ano do ensino médio em escola particular. Só 1 ano e com bolsa, mas que anulou minha candidatura. Já larguei faculdade porque não consegui quitar as dívidas do semestre para renovar a matrícula. Já me irritei com aquele EaD barato em que você consegue passar com nota máxima pegando as respostas em sites por aí. É sério, esse tipo de diploma eu não quero.

E está aí algo que eu não consigo entender: como as pessoas se dão por satisfeitas com esses diplomas vagabundos de faculdade sem-vergonha? Por que as pessoas se dão por satisfeitas quando elas podem sempre continuar aprendendo cada vez mais e mais?

Isso sem falar nesses P A T E T A S que estão mandando e desmandando no Ministério da Educação, que estão fazendo uma zona no Inep. Parece que nossos obstáculos só aumentam, não é mesmo?

A importância de um diploma dita quem vai ter uma vida digna e uma vida miserável, mas o que é mais insuportável para mim é saber que existe lugares públicos bons de verdade, mas que estão fora do meu alcance. Por qualquer motivo que seja, estão simplesmente em outra realidade. Mas por que isso? Por que eu não posso fazer o que eu mais gosto que é estudar?

E é por isso que voltei. Que voltamos. Porque não dá para ficar sem reação quando o mundo gira de forma tão errada. Simplesmente não dá. E aqui eu te convido: vamos estudar juntos? Vamos passar juntos? Dessa vez pra valer, sem desanimar. Vamos até o fim.

Imagem: Freepik.

Comente...

%d blogueiros gostam disto: