Apresentação

Eu acredito na educação.

A vida é muito mais difícil para umas pessoas do que para outras, as injustiças estão aí por toda parte para esfregar na nossa cara como somos pequenos e fracos num mundo cheio de violência. Mas quando nos educamos, aprendemos de onde vem essa violência e injustiça, aprendemos como nos defender, como revidar, como superar, como vencer.

E não é de meritocracia que estou falando aqui, mesmo porque meritocracia é apenas uma falácia cretina que inventaram para nos culpar de nosso constante e cruel fracasso. O fato é que estamos em desvantagem, por isso fracassamos. Não somos inferiores (e Deus nos livre de sermos superiores) ao rapaz de família estruturada cuja única tarefa na vida é estudar. Ele apenas deu sorte de ter garantido o direito constitucional à educação, enquanto nós tivemos que, por qualquer motivo que seja, abrir mão de um ou dois direitos básicos para conseguir sobreviver.

Apenas isso.

Mas eu genuinamente acredito na educação. E ainda tenho a arrogância de acreditar que nós merecemos muito mais do que nos oferecem. Eu acredito no papel social da educação, na força que o ato de aprender nos traz. E eu acredito que a educação pode mudar (e salvar) o mundo.

Assim, é importante que você, que chegou até aqui na leitura, entenda que eu acredito no ensino superior como um meio, o caminho que tomamos para alcançar nossos sonhos. Não aquele ensino superior que você apenas compra seu diploma a troco de alguns trabalhos plagiados da internet.

É por isto que este site existe, para ajudar você, pessoa que por qualquer motivo que seja está em desvantagem nessa vida injusta, a conseguir aquela educação superior que você merece. Não só um diploma, mas toda a educação que há no processo, tudo aquilo que você vai aprender nas aulas e na vivência e que vai te fortalecer, te impulsionar, te enriquecer. Toda aquela educação que você merece e tem direito.

Por isso eu peço que você que está lendo também dê esse voto de confiança na educação. Acredite na educação, permita-se aprender, porque a sua recompensa vai ser inestimável.

 

Minha mão.